Apresentação

 

O programa de Pós-Graduação em Geotecnia

 

O Programa de Pós-Graduação em Geotecnia iniciou suas atividades em 2012 e integra juntamente com o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Geotécnica o Núcleo de Geotecnia da Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto (NUGEO/UFOP).

O POSGEO coordena cursos de Mestrado e Doutorado Acadêmicos credenciados pela CAPES. Nas avaliações trienais CAPES de 2010 e 2014, o programa em Geotecnia foi avaliado com conceito 4, mas na última trienal (2017) recebeu o conceito 3. 

O curso de mestrado profissional é destinado a engenheiros civis, geólogos, engenheiros de minas e profissionais de áreas afins e tem duração de 24 meses (sendo 12 meses para a fase de créditos e 12 meses para elaboração da dissertação de mestrado).

Atualmente, são três as linhas de pesquisa no POSGEO: Geologia de Engenharia; Geotecnia Aplicada à Mineração; e Obras de Terra e Mecânica de Rochas.

 

Estrutura curricular

 

A estrutura curricular do curso é composta por dois núcleos distintos de disciplinas, um núcleo básico, em comum para discentes das três linhas, e um núcleo aplicado, com diversas disciplinas de formação específica. Os dois núcleos são assim compostos:

 

(i) núcleo básico: formação abrangente e sistêmica nas áreas de Mecânica dos Solos, Mecânica das Rochas e Geologia de Engenharia (conjunto de disciplinas obrigatórias e comuns a todos os alunos do programa);

 

(ii) núcleo aplicado: conjunto amplo de disciplinas de formação especializada ou de caráter multidisciplinar, de natureza eletiva em função das especificidades das diferentes linhas de pesquisa do curso. As disciplinas seguintes são oferecidas conforme demanda dos discentes:

As aulas das disciplinas são semanais e oferecidas semestralmente por 18 semanas. São ministradas por docentes-doutores da UFOP  e de outas instituições parceiras e concentradas no espaço físico do Centro Tecnológico de Geotecnia Aplicada do NUGEO, compreendendo aulas expositivas e práticas, estas ministradas nos laboratórios do curso. Em algumas disciplinas, são desenvolvidos trabalhos práticos de campo e visitas técnicas.

 

A estrutura curricular tem sido modificada nos últimos anos, com eliminação de disciplinas com pouca demanda e inserção de novas disciplinas. Entre as novas disciplinas eletivas incorporadas recentemente e com alta demanda inclui-se “Geofísica Aplicada a Estudos Geotécnicos” e “Cartografia Geotécnica”.

 

Na pesquisa de autoavaliação desenvolvida em 2019 no POSGEO (pela Comissão de Autoavaliação e Planejamento Estratégico), os egressos do curso sugeriram um conjunto de disciplinas e de modificações curriculares que estão sendo analisadas pelo colegiado do curso para imediata implementação. Entre elas destacam-se a reformulação de disciplinas “Métodos Estatísticos em Geotecnia” e “Métodos Numéricos em Geotecnia” e “Investigação Geotécnica de Campo".

 

Objetivos

O Programa de Pós-Graduação em Geotecnia do NUGEO/UFOP tem por objetivo principal a formação de pessoal técnico especializado em suas diferentes áreas de atuação, de forma contextualizada no domínio da ciência geotécnica e nos princípios gerais da Mecânica dos Solos, da Mecânica das Rochas e da Geologia de Engenharia. Este pressuposto geral é ratificado pelos seguintes objetivos específicos:

a) desenvolver, prioritariamente, o ensino e a pesquisa em áreas da Engenharia Geotécnica que se situem na interface dos demais cursos de graduação e pós-graduação da Escola de Minas;
b) desenvolver mecanismos organizacionais que lhe permitam um relacionamento eficaz com o meio produtivo e científico do país e exterior;
c) identificar, discutir e propor soluções para problemas específicos das suas diversas áreas de concentração;
d) gerar produção científica altamente especializada em suas diferentes áreas de atuação;
e) contribuir para a formação de pessoal dotado de iniciativa própria, capacidade crítica e alta qualificação científica;
f) promover a inserção social da engenharia geotécnica nas suas áreas de formação profissional; 
g) fomentar a inovação e o desenvolvimento tecnológico da engenharia geotécnica em Minas Gerais e no Brasil.

O programa tem como missão ser referência nacional em Engenharia Geotécnica, com forte identidade e vocação regional nas áreas de Barragens, Geotecnia de Mineração e Gestão de Risco e Acidentes Naturais. Propiciar uma mudança de paradigma no cenário geotécnico nacional, trazendo para Minas Gerais a referência como centro de excelência nesta área.

O programa tem como visão consolidar experiências e pesquisas através de parcerias com universidades, empresas, órgãos de fomento e centros de pesquisa no Brasil e no exterior.